LANDR BLOG

GravaçãoMixagem e masterização

Produção Musical: Tudo Que Você Precisa Para Começar Hoje Mesmo

Produção Musical: Tudo Que Você Precisa Para Começar Hoje Mesmo

A produção musical é o processo por trás de todas as faixas que você escuta.
Ela abrange todas as fases da criação de uma música, desde a composição até a versão final masterizada.
Entretanto, a produção musical é também uma prática que pode formar a base de seu processo criativo como músico.
Nunca foi tão fácil ou tão acessível começar a produzir músicas.
Mesmo assim, há tanto para aprender que entrar no mundo da produção musical pode ser assustador.
Neste artigo, falarei sobre tudo o que você precisa saber para entender os fundamentos da produção musical e começar sua jornada como produtor.

O que é a produção musical?

A produção musical é o processo de desenvolvimento, criação e refinamento da música gravada para veiculação pública. A produção musical pode se referir a todo o ciclo de criação de uma peça musical – desde a escrita e composição, passando pela gravação e design de som até a mixagem e masterização.
Apesar da ampla definição, todo fluxo de trabalho na produção musical moderna tem uma coisa em comum – as ferramentas digitais.
Hoje em dia, graças à tecnologia, a produção musical está mais acessível do que nunca.
Por preços nunca antes vistos, qualquer músico pode montar um estúdio caseiro e começar a produzir sua propria música.
Aqui estão todas as informações básicas que você precisa para começar a produzir músicas.

O que um produtor musical faz?

Muitas podem ser as funções de um produtor musical, de acordo com o gênero musical e o tipo de fluxo de trabalho.
No processo de gravação tradicional, um produtor musical atua de maneira semelhante ao diretor de um filme.
Ele cria uma visão para o projeto e orienta artisticamente os músicos visando concretizá-lo.
Durante uma sessão de gravação, os produtores atuam como coordenadores, além de fornecerem apoio organizacional. Eles também trazem insights criativos e fazem observações sobre o desempenho dos músicos e as escolhas técnicas feitas pelo engenheiro.
Apesar disso, o termo produtor passou a abranger uma gama mais ampla de funções em outros gêneros.
No R&B e no hip-hop, por exemplo, o termo produtor geralmente se refere à pessoa que criou a batida sobre a qual os artistas cantam suas letras ou escrevem seus raps.
No EDM, as palavras produtor e artista são freqüentemente usadas como sinônimos, com a maioria dos artistas produzindo seu próprio material.
Atualmente, cada vez mais artistas estão optando por se autoproduzir, mesmo dentro de gêneros tradicionais como rock e indie.
Não importa com qual dessas descrições você mais se identifique, se você estiver usando um DAW para criar ou gravar músicas, você é um produtor musical.
Agora que já vimos o básico, vamos entrar nos pilares da produção musical que você precisa saber para começar a produzir.Voltar ao topo ⟰

1. Softwares e equipamentos de produção musical

Para produzir músicas, você precisará de alguns equipamentos primordiais.
Não se preocupe, esses equipamentos podem variar bastante. Você não precisa de dezenas de equipamentos caros para iniciar sua carreira como produtor.
Mesmo assim, você precisará de algumas peças-chave no processo. Estou me referindo a equipamentos como um computador, DAW e algo para escutar seus sons.
Eu poderia listar os itens individualmente, mas se você quer bons conselhos para montar o seu setup de produção musical com qualquer orçamento, consulte nosso Guia do Estúdio Caseiro.
Depois de ter aprendido a base para um estúdio caseiro, existem algumas outras ferramentas de produção que você pode adicionar, de acordo com o seu fluxo de trabalho.
Muitos produtores criam faixas inteiras usando apenas seu DAW – mas muitos outros preferem a experiência tátil e o controle prático drum machines, grooveboxes e pedais de efeitos são equipamentos inspiradores e divertidos para adicionar ao seu setup.

Guia do Home Studio: Como Criar Um Estúdio de Gravação na Sua Casa


Os 10 Melhores Grooveboxes para uma Produção Musical Prática


As 10 Melhores Drum Machines no Mercado Atualmente

Voltar ao topo ⟰

2. Produzindo músicas em um DAW

Seu DAW é o lar digital para sua produção musical.
Em um estúdio de gravação tradicional, o DAW seria o gravador – mas ele vai muito além disso.
Seu DAW é o ambiente perfeito para desenvolver cada etapa do fluxo de trabalho de sua produção musical.
Muitos produtores preferem compor em sua DAW criando loops e clips de suas ideias instantaneamente.
Estruturar fragmentos isolados em arranjos completos é um dos pontos fortes de se utilizar um DAW em seu processo de composição.
Além disso, os DAW’s e plug-ins deixaram o processo de mixagem mais fácil do que nunca.
Não importa como você o utiliza, o DAW é onde sua inspiração e fluxo de trabalho se encontram e o processo de produção acontece.

Automação de mixagem 101: Como Automatizar Seu processamento Para uma Melhor Mix


Bouncing Audio 101: Como exportar faixas da sua DAW

Voltar ao topo ⟰

4. Escrita e composição: crie uma música

Alguns compositores produzem. Alguns produtores escrevem canções. A fronteira entre artista e produtor nem sempre é uma linha bem definida.
Isso significa que saber o básico da escrita e composição é muito importante para os produtores modernos.
O produtor frequentemente tem que tomar decisões difíceis quando percebe que algo na faixa não está funcionando. É culpa da mixagem? Do arranjo?
O problema está nos tons? Ou seriam os efeitos? Essa realmente é música chata ou ela apenas tem uma estrutura musical errada?
Esses são os tipos de perguntas que um produtor experiente deve ser capaz de responder.
Para ajudá-lo a desenvolver essas habilidades, reunimos uma lista extensa de recursos para produtores que procuram aprender sobre composição, arranjos e teoria musical em geral.

Como escrever uma música


Como Começar uma Música: 7 Maneiras de Colocar sua Composição em Ação


7 Dicas Essenciais de Arranjo para Trabalhar com Samples


10 Progressões de Acordes Emotivos que Todo Produtor Deve Saber

Voltar ao topo ⟰
https://youtu.be/C0eyDO30wXg

5. Design de som: Construa o som que você imaginou

Headphones são importantes para qualquer estúdio caseiro, mas depender exclusivamente deles para suas mixagens pode ser exaustivo durante longas sessões.
A maioria dos engenheiros faz a maior parte de seu trabalho utilizando monitores near-field.
Monitores de estúdio são alto-falantes especialmente projetados para obter um som limpo, claro, flat e neutro.
Ao contrário dos alto-falantes comerciais, essas ferramentas de audição não são projetadas para embelezar a música ou torná-la mais agradável.
Na verdade, é praticamente o oposto.
Os monitores de estúdio revelam todas as falhas de um som para que você possa resolvê-las na mixagem. Esse detalhe a mais pode ser o insight que você precisa para fazer suas faixas soarem ainda melhor.
Ainda assim, todos os monitores de estúdio têm sons diferentes e escolher os certos é uma decisão altamente pessoal.
Confira nosso guia dos melhores monitores de estúdio para encontrar os perfeitos para você.

Efeitos de áudio: Guia do Iniciante Para Moldar o Seu Som


O que é Looping e Como Usá-lo em Sua Produção Musical

Voltar ao topo ⟰

6. Samples, plug-ins e MIDI: suas ferramentas de som digitais

Seu DAW é a peça central do seu estúdio. Contudo, as ferramentas digitais que você utiliza dentro dele durante sua produção musical são tão importantes quanto.
MIDI é a linguagem do mundo digital capaz de comunicar música. São as informações utilizadas pelo piano digital para controlar seus sintetizadores, samplers e baterias eletrônicas.
São os dados que seu controlador MIDI envia quando você pressiona uma tecla, um pad, gira um encoder ou pressiona o pedal de sustentação.
Plug-ins são instrumentos e efeitos virtuais capazes de criar tons e texturas em sua mixagem.
Seu DAW vem com um conjunto completamente funcional de plug-ins integrados, mas há uma imensidão de outros plug-ins interessantes por aí. Alguns estão até disponíveis gratuitamente.
Montar o seu próprio conjunto personalizado de plug-ins é parte do desenvolvimento de sua paleta como produtor.
Por último, mas não menos importante, samples são trechos de áudio que você pode utilizar em suas produções da maneira que preferir.
Esses trechos sonoros podem assumir as mais diferentes formas, desde trechos individuais de bateria ou curtas melodias instrumentais até faixas inteiras ou loops rítmicos.
Os samples são usados em quase todos os gêneros musicais – eles são uma das partes mais inspiradoras de ser um produtor.

Sampleando Música: O Guia Completo


Os 200 Melhores Plugins VST Gratuitos de Todos os Tempos


whatismidi_1200x627

O que é MIDI?: O Guia do Iniciante para a Ferramenta Mais Poderosa da Música


Editando MIDI: 6 Dicas Essenciais para Obter Melhores Faixas de MIDI


Como Adicionar Textura Às Suas Faixas Com Samples SFX


26 Dicas de Samples:
Usando Samples na Sua Produção Musical de A a Z

Voltar ao topo ⟰

7. Gravação de som: capte o mundo ao seu redor

Plug-ins são as ferramentas utilizadas em seu DAW para mixagem, síntese, adicionar efeitos, sampling e muito mais.
A maior parte dos DAW’s já vem com uma boa coletânea de plug-ins integrados, que são mais do que suficientes para criar uma faixa com som profissional.
Apesar disso, para expandir sua paleta sônica e desenvolver o seu próprio som você não deve se restringir a eles.
Talvez você queira montar o seu próprio instrumento virtual com seus synth plug-ins.
Talvez você seja um viciado em efeitos, buscando sempre um novo plug-in de reverberação.
Não importa o seu nicho, os plug-ins podem ser incrivelmente inspiradores.
Eles são uma parte importante do que torna a produção musical tão emocionante.

Gravando Vocais em Casa: 9 Grandes Erros e Como evitá-los


Gain Staging: Como Ter Um Melhor Mix Com Níveis Saudáveis


Gravação de Campo:
10 Maneiras de Utilizar Elementos Sonoros do Ambiente Em Sua Produção

Voltar ao topo ⟰

8. Mixando músicas: combine os seus sons

A menos que você esteja fazendo música exclusivamente com VSTs ou samples, você precisará captar seus sons com um microfone antes de trazê-los para seu DAW.
Há uma infinidade de microfones por aí – e nem todos são adequados para todas as tarefas.
Elaboramos um guia especial para você escolher um microfone baseado naquilo que pretende gravar.
Entretanto, caso você queira apenas ter uma ideia geral sobre o que o mercado oferece, confira nossa lista dos 30 melhores microfones.
Quando se trata de microfones, sabemos que gravar vocais é o que maioria dos produtores está buscando.
Não é nada fácil recomendar o microfone perfeito para cada cantor, mas combinar seu microfone com seu estilo de canto é uma boa maneira de começar.

Como mixar música: Um guia simples


Como Sempre Escolher a Configuração Perfeita do Compressor


7 Termos Abstratos da Mixagem: O que Eles Significam e Como Usá-los


Equalização 101:
Tudo que os músicos precisam saber sobre EQ


15 Dicas de Mixagem de Dave Pensado Que Todos os Produtores Deveriam Saber

Voltar ao topo ⟰

9. Masterização musical: a versão final da sua música

A masterização é a etapa final do processo de produção musical.
É a fase em que sua mixagem recebe o polimento final e assume a forma que será apreciada por seus ouvintes.
O principal objetivo da masterização é equilibrar os elementos sonoros em uma mixagem estéreo, além de otimizar a reprodução em quaisquer sistemas e formatos de mídia.
Hoje em dia, a música está disponível nos mais variados formatos e aparelhos.
Não importa se você está mixando em estúdio de um milhão de dólares ou na sua própria casa, você ainda vai precisar da verificação final proporcionada pela masterização.
Essa etapa garante que seu som será ouvido da maneira que você o imaginou.
A masterização também confere a um álbum um som consistente durante todas as suas faixas. Sem ela, as faixas correm o risco de soarem desconexas umas em relação às outras.
Masterizar é uma parte fundamental da produção musical, mas que pode ser mais fácil do que parece.
Confira nossas orientações para aprender tudo o que você precisa saber sobre masterização.

O que é masterização?


Como Preparar As Suas Faixas Para a Masterização LANDR


Loudness 101: Como os Níveis de Masterização Afetam O Seu Som

Voltar ao topo ⟰

Ambiente de produção

A produção musical está mais acessível do que nunca.
Isso significa que nunca houve um momento melhor para mergulhar no assunto e começar a aprender como produzir sua própria música.
Use os recursos deste guia para iniciar sua jornada com a produção musical.