LANDR BLOG

Criação de batidasEquipamento musical

O que é Looping e Como Usá-lo em Sua Produção Musical

O que é Looping e Como Usá-lo em Sua Produção Musical

O Looping é uma técnica revolucionária da produção musical.

Loops, loopers e ferramentas de looping são parte essencial da criação musical contemporânea.
Abordar um tema vasto como este pode parecer intimidante – mas não há motivos para tal.

O Looping é uma ferramenta criativa e inspiradora que pode servir de ajuda para todos os produtores – se você já utilizou uma DAW alguma vez, é muito provável que já conheça o looping.

Neste artigo, abordaremos tudo o que você precisa saber sobre os loops para assim começar a fazer loopings profissionais você mesmo.

O que é looping?

Looping é uma gravação de determinada informação sonora tocada repetidamente.

O looping pode ser feito com um dispositivo dedicado, como um pedal looper ou um sampler e também na sua DAW, usando um plugin.

Loop sound-on-sound significa gravar passagens adicionais por cima da frase original. Você pode criar músicas inteiras usando o loop sound-on-sound.

O looping surgiu a partir de experiências com fitas nos anos 50. É chamado de loop porque, naquela época, as duas extremidades de uma seção da fita analógica eram unidas e formavam um laço, chamado de loop, em inglês.

É chamado de loop porque, naquela época, as duas extremidades de uma seção da fita analógica eram unidas formando um laço, chamado de loop, em inglês.

No começo, os loops de fita eram utilizados por compositores no início da música eletrônica, mas depois passaram a ser utilizados com ​​mais frequência no pop e rock nos anos 60.

Os sons de fundo psicodélicos dos Beatles Tomorrow Never Knows foram criados usando loop de fita.



Desde então, o looping se infiltrou em todos os gêneros musicais.

O looping, da maneira que nós conhecemos hoje, foi criado por Robert Fripp em seus experimentos com Brian Eno.

Sua técnica “Frippertronics” foi o primeiro caso conhecido de sound-on-sound looping.

Desde então, o looping tornou-se um marco na produção musical, performance e na composição.

Por que usar um looper?

Usar um looper para compor ou executar uma música tem muitos benefícios para o seu fluxo de trabalho.

Coordenar os integrantes de uma banda em ensaios e shows é difícil. Mas você consegue criar uma performance ao vivo bem convincente totalmente sozinho, se você conseguir montar faixas inteiras ao vivo usando um looper.

Até mesmo quando você estiver escrevendo uma música, o loop pode ser uma ferramenta poderosa de composição.

Olhar para uma sessão de DAW em branco pode fazer você se sentir um pouco perdido. Mas improvisar com um looper é um ótimo atalho para a inspiração – é como tocar com você mesmo!

Improvisar com um looper é um ótimo atalho para inspiração – é como tocar com você mesmo!

Loopers de plugin na sua DAW podem lhe dar um excelente ponto de partida. Arraste seus loops para a sua timeline e reorganize-os para começar a compor a partir das suas criações.

Pedais Looper

Pedais Loopers são uma das maneiras mais fáceis de entrar em looping.

Os Loopers no formato stompbox são projetados para guitarra, mas normalmente você pode conectar qualquer coisa com uma saída de ¼ neles.

Alguns pedais loopers ainda oferecem entradas especializadas para microfones. Esse recurso permite fazer um loop de áudio de fontes como vocais ou bateria usando um microfone.

Loopers com microfones possibilitam que um artista construa uma faixa inteira do zero na frente de uma audiência ao vivo. As performances de looping podem ser extremamente impressionantes!


Os pedais Looper vêm em uma ampla gama de formatos. Tudo, desde simples pedais de comutação até potentes estações de loop de várias faixas.

Se você está apenas pondo os pés no mundo dos loops, talvez queira começar com algo simples.

Mas se você é um artista de looping dedicado, pode querer algo com mais recursos.

Looping com Samplers

Os samplers de hardware possuem ferramentas de looping e seqüenciamento incorporadas.

Dispositivos de sampling como a linha MPC da Akai possibilitaram os primeiros loops de breakbeats de discos de vinil.

Dispositivos de sampling como a linha MPC da Akai possibilitaram os primeiros loops de breakbeats de discos de vinil.

Loopar o breakbeat repetidamente forneceu um groove constante para artistas de hip-hop para rimarem em cima. Samples em loop iniciaram o desenvolvimento do hip-hop como o conhecemos!



Os samplers de hardware de hoje ainda podem fazer loop de samples e padrões da mesma maneira. A maioria dos samplers permite que você grave o material de origem, defina os pontos inicial e final e faça o loop do sample sem problemas.

Muitos produtores ainda juram pelo fluxo de trabalho exclusivo do Akai MPC, mas os samplers modernos, como o Korg Electribe ou o Roland SP-404, são os dispositivos de loop adequados para a produção musical.

Plugins Looper

Looping pode ocorrer com a mesma facilidade na sua DAW. As configurações de loop de DAW podem ser ainda mais flexíveis do que os pedais de ponta.

Muitos artistas em loop dependem do Ableton Live para fazer loops.

Os clipes MIDI e de áudio podem ser colocados em loop facilmente na exibição Session do Ableton e o plugin Looper dedicado pode ser usado como um looper tradicional de stompbox.

Outras DAWs têm seus próprios loopers dedicados e há muitos plugins de looping VST de desenvolvedores independentes. Se você está dando um loop na sua DAW, você tem muitas opções!

Você sempre pode criar loops a partir de segmentos de áudio que você já gravou editando cuidadosamente seus pontos de início e fim na linha do tempo e definindo as regiões para fazer um loop. Em muitas DAWs, você pode fazer isso arrastando o canto superior direito da região:



Como funciona o loop

Há muitos loopers diferentes, mas todos funcionam essencialmente da mesma maneira.

Os dispositivos de loop normalmente possuem algumas funções básicas:

  • Gravar loop
  • Definir ponto final do loop
  • Gravação overdub

Dependendo do que você está usando para fazer seus loops, essas funções podem ser manipuladas por footswitches, pads ou controle MIDI.

Em um típico looper de pedal, você pode ter apenas um pedal para iniciar a gravação, fechar o loop e iniciar a overdub.

Dispositivos maiores podem incluir efeitos como gravação reversa e de meia velocidade.

Mano, eu quero é ouvir os loops

Looping é uma das maiores músicas
inovações de produção das últimas décadas.

Seja se você prefere usar um pedal de looper, um plug-in ou um sampler – há tantas maneiras de usar loops quanto produtores.

Agora que você conhece os fundamentos dessa técnica poderosa, vá em frente e comece a fazer loops.