LANDR BLOG

Criação de batidasEquipamento musicalInspiração

Editando MIDI: 6 Dicas Essenciais para Obter Melhores Faixas de MIDI

Preview of youtube video

Editar MIDI pode ser entediante. Nada te faz sair do fluxo de composição como gastar tempo demais editando MIDI por aí.

Mas isso não precisa ser tão frustrante. Há muitos truques úteis que você pode usar para agilizar a sua edição de MIDI e criar trechos mais expressivos.

Neste artigo, abordaremos seis técnicas de edição MIDI que você pode inserir em seu fluxo de trabalho desde já.

1. Dobre o piano roll

O Ableton Live (e alguns outros DAWs) pode condensar trechos de piano roll MIDI em uma visualização constando apenas as notas ativas.

Se você estiver programando um rack de bateria com apenas dezesseis samples ativos, você não precisa visualizar todos os 128 locais de notas MIDI. Na verdade, notas em excesso podem gerar confusão.

fold piano roll midi

Dobre o piano roll e mantenha o foco nas notas que importam.

Dobre o piano roll e mantenha o foco nas notas que importam.

Dica importante: Outro novo recurso extremamente útil do Ableton Live 10 é a capacidade de editar vários clipes MIDI na mesma tela de visualização.

Coordenar as relações entre múltiplos clipes é bem mais difícil quando você não consegue ver as notas que você já definiu.

A edição de múltiplos clipes permite que você veja todas as partes de uma só vez.

2. Desenhe velocidades com a ferramenta caneta

Você não precisa arrastar os controles individuais um a um ou inserir notas com um teclado para atribuir valores de velocidade personalizados às suas notas MIDI.

Se você utilizar a ferramenta caneta ao invés do ponteiro em seu DAW, você poderá clicar e arrastar para reajustar todos os valores na track de velocidade referente à pista da sua MIDI.

Você pode até desenhar formas que imitem ondas senoidais ou triangulares como se um LFO estivesse modulando sua velocidade MIDI.

editing midi velocities

Dica importante:  Você pode destacar todas as velocidades em uma seleção para mensurá-las pelo mesmo fator.
Isso pode ser útil para alterar a velocidade geral de um clipe ou trecho inteiro.

3. Quantize os eventos on e off events

O menu quantize tem muitas opções.

quantize midi in ableton

Se você estiver apenas focado em colocar as partes no tempo certo, você pode estar quantizando seus inícios e deixando os finais das notas para editar manualmente.

Mas quantizar a nota off timing pode proporcionar partes mais limpas imediatamente.

Isso também te ensina a prestar atenção em todos os seus gestos musicais quando você toca as partes em um teclado. Deixar a duração da nota mais apertada em sua execução é uma boa prática!

Falando nisto…

4. Toque passagens musicais em um teclado

Inserir notas manualmente com um teclado traz muitos benefícios.

Você não terá que se esforçar para humanizar a sua performance uma vez que, de fato, você já começou com uma performance humana!

Você também obterá uma boa distribuição de velocidades ao tocar as teclas com intensidade diferente enquanto toca.

Mesmo que seja uma linha simples que você possa desenhar facilmente, tente reproduzi-la no seu controlador MIDI. É provável que você consiga produzir uma sensação mais natural na peça.

5. Use groove e quantização parcial

A quantização é uma ferramenta poderosa. Distribuir notas no grid é o que torna a composição de músicas eletronicamente tão fácil e agradável.

Mas você não precisa quantizar a intensidade em 100% todas as vezes. Valores menores de quantização podem soar muito mais naturais.

Experimente as configurações de quantização para descobrir quais valores produzem o melhor resultado sonoro para suas peças.

Experimente as configurações de quantização para descobrir quais valores produzem o melhor resultado sonoro para suas peças.

Às vezes, o feedback visual do seu DAW pode te enganar. Ver o quão longe você está do grid é frustrante. Mas em muitos casos você não precisa consertar tudo.

Muitas vezes, uma performance completamente desquantizada pode adicionar profundidade e interesse à uma passagem. Não se esqueça de experimentar!

O quantize do groove permite que você quantize para um ritmo que se desvia musicalmente do grid.

https://blog.landr.com/wp-content/uploads/2019/07/MIDI-Editing-6-Tips-for-Editing-Better-MIDI-Tracks_ABT_groovepool.jpg

Definir um “groove” não é simples, mas a maioria dos DAWs vêm com uma seleção de grooves que correspondem a uma sensação bem conhecida como swing.

O groove pode ser o que você está perdendo se as suas partes MIDI parecem muito rígidas e mecânicas.

O groove pode ser o que você está perdendo se as suas partes MIDI parecem muito rígidas e mecânicas.

O groove é aplicado como uma porcentagem para que você consiga alcançar qualquer coisa desde aprimoramentos sutis até ritmos totalmente oscilantes.

6. Saiba quando consolidar o MIDI em áudio

Às vezes, é mais prático lidar com o áudio do que com o MIDI.

Se você usa muitos plug-ins que consomem muitos recursos e que diminuem a velocidade de sua sessão, talvez seja necessário renderizar seus dados MIDI como áudio para continuar mixando.

Dependendo do seu DAW, esta função pode ser chamada de consolidating, freezing, flattening ou bouncing in place. Ela te permite gravar o áudio que sai dos seus plugins para faixas regulares.

Uma vez que suas faixas sejam convertidas em áudio, você pode ocultar, desativar ou excluir seus plugins “consumidores de CPU”.

A única desvantagem é que você não pode alterar as notas ou os parâmetros livremente depois de congelar uma faixa. Para fazer isso, você precisará reativar o plug-in e criar um novo bounce!

Mas essa técnica não é apenas para economizar recursos do computador.

https://blog.landr.com/wp-content/uploads/2019/07/MIDI-Editing_freeze_flatten_sm.gif

A edição de áudio às vezes pode ser mais fácil do que usar a automação em faixas MIDI.

A edição de áudio às vezes pode ser mais fácil do que usar a automação em faixas MIDI.

Fades e outras operações de nivelamento de clipes são muito mais simples de criar diretamente no clipe de áudio do que com a automação em trilhas MIDI.

Carta para o editor MIDI

Você nunca pode ficar a mercê de muitas dicas e truques para edição. Passe menos tempo manipulando MIDI e mais tempo fazendo música de fato.

Tente aplicar essas técnicas na próxima vez que você estiver lutando para editar partes em MIDI.