LANDR BLOG

Criação de batidasEquipamento musical

Os 10 Melhores DAWs do Mundo Atualmante

Preview of youtube video

Um DAW (acrônimo parar Digital Audio Workstation) é o programa de software que você usa para criar suas músicas.

Os DAWs tornaram a criação musical mais acessível do que nunca – e eles estão cada vez mais poderosos!

Você pode estar apenas começando uma música ou prestes a atingir a etapa final da masterização, você precisará de um software de gravação de música para tornar sua visão uma realidade.

Aqui estão os 10 melhores DAWs do mercado:

  1. Bitwig
  2. Studio One 4.5
  3. Ableton Live 10
  4. Audacity
  5. Pro Tools 2019
  6. Garage Band
  7. Logic Pro X
  8. Steinberg Cubase Pro 10
  9. FL Studio 20
  10. REAPER

Este guia fornecerá tudo o que você precisa para escolher o melhor DAW de acordo com suas necessidades.

O que é um DAW?

Uma estação de trabalho de áudio digital (DAW ou Digital Audio Workstation) consiste em um software utilizado para compor, produzir, gravar, mixar e editar áudio e MIDI.

DAWs facilitam a mixagem de múltiplas fontes de som em uma disposição visual de linha do tempo.

Existem muitos DAWs diferentes por aí, cada um com seus pontos fortes e fracos.

Existem muitos DAWs diferentes por aí, cada um com seus pontos fortes e fracos.

Como escolher o melhor DAW para você

Existem alguns pontos importantes a serem considerados ao decidir qual DAW você utilizará para conceber sua música.

O primeiro ponto é que apesar das diferentes aparências e fluxos de trabalho, todos eles fazem essencialmente a mesma coisa: música.

Depois de compreender as noções básicas da produção de música digital, escolher o DAW parecerá um pouco menos importante. As principais diferenças residem nos recursos disponíveis e no fluxo de trabalho viabilizado por cada DAW.



Isso significa que a única maneira de escolher o melhor DAW é testar para descobrir qual software se adapta melhor ao seu contexto criativo.

Baixe um demo grátis

A maioria dos DAWs oferece testes gratuitos ou edições lite para ajudá-lo a decidir entre as diversas opções. Depois de escolher aqueles que deseja experimentar, baixe as versões demos e veja como as coisas parecem na prática.

Caso você esteja dando os primeiros passos na produção de música digital, você pode experimentar um DAW gratuito para aprender os fundamentos.

Existem alguns ótimos DAWs que estão disponíveis de forma totalmente gratuita. Eles podem não ter as funções sofisticadas usadas por profissionais, mas eles certamente podem produzir músicas excelentes.

Começar devagar com uma versão gratuita pode economizar muito tempo e dinheiro até chegar a hora de mergulhar a fundo.

Os 10 melhores DAWs para criação musical


Agora que você sabe o que procurar em um DAW, vamos dar uma olhada nos melhores softwares de gravação.

Aqui está a lista essencial dos 10 melhores DAWs disponíveis atualmente.

1. Bitwig

https://blog.landr.com/wp-content/uploads/2019/05/Best-DAW-Bitwig-Studio.jpg

O Bitwig studio foi lançado em 2014 por um grupo de ex-desenvolvedores do Ableton após um extenso periodo de testes.

O Bitwig é boa alguma medida inspirado no Ableton, mas foi ele também pioneiro em seus próprios fluxos de trabalho criativos e abordagens de composição.

Opções de modulação exclusivas, forte integração de hardware e ferramentas de fácil composição tornam o Bitwig uma opção sólida para qualquer criador.

O Bitwig oferece inúmeras possibilidades de criação, e é fácil aprender a utiliza-lo caso você esteja dando os primeiros passos com o softwares de gravação.



2. Studio One 4.5

https://blog.landr.com/wp-content/uploads/2019/05/Best-DAW-Presonus-Studio-One.jpg

Studio One é a entrada de Presonus na cena DAW.
Ele é mais novo do que outros DAWs e está tendo uma boa projeção com a versão 4.5. O Studio One 4.5 possui algumas ferramentas poderosas que você não encontrará em nenhum outro lugar.

Seu patenteado protocolo interno MIDI de alta resolução permite mudanças de parâmetros mais suaves no MIDI.

E o plugin de interface de hardware dedicado permite que você use equipamentos externos com mais facilidade do que nunca.

O fluxo de trabalho no Studio One 4.5 é focado na criatividade e inspiração.

O fluxo de trabalho no Studio One 4.5 é focado na criatividade e inspiração.

Seu design de “composição em primeiro lugar” facilita a composição rápida – você pode até mesmo produzir partituras para impressão e páginas principais das sessões criadas na DAW.

O Studio One 4.5 pode parecer um novato, mas isso lhe dá muito espaço para inovar e os resultados são impressionantes.

3. Ableton Live 10

https://blog.landr.com/wp-content/uploads/2019/05/Best-DAW-Ableton-Live.jpg

O Ableton Live é um dos maiores nomes do universo DAW por um bom motivo.

Seu fluxo de trabalho inspirador e “visualização da sessão” intuitiva o tornaram um favorito entre os produtores eletrônicos.

Os plugins de sampling e síntese integrados do Ableton são ferramentas de design de som de extrema qualidade.

Os plugins de sampling e síntese integrados do Ableton são ferramentas de design de som de extrema qualidade.

Seu fluxo de trabalho de composição está entre os mais fáceis e melhores para obter resultados rápidos. A visualização da sessão ainda permite que você toque seus arranjos ao vivo por clipes acionáveis e loops em diferentes combinações.

Se isso não bastasse, Ableton continua a lançar pacotes de samples excelentes para sua enorme biblioteca de conteúdo que você pode aplicar em suas faixas.

Desde que adquiriu a lenda de áudio digital Cycling ’74 em 2017, a Ableton ofereceu o ambiente de processamento de sinal digital Max com o Live como Max4Live, notadamente versátil.

Isso faz do Live a ferramenta de design de som mias prática e versátil que existe por aí – como não amar?!

4. Audacity

https://blog.landr.com/wp-content/uploads/2019/05/Best-DAW-Audacity.jpg

O Audacity foi lançado em 2009 como um software de gravação totalmente gratuito. E ainda é gratuito hoje!

O Audacity é compatível com todos os sistemas operacionais e pode ser facilmente baixado imediatamente.

O Audacity é compatível com todos os sistemas operacionais e pode ser facilmente baixado imediatamente.

Ele tem tudo que você precisa para gravar áudio em uma linha do tempo de forma objetiva, sem recursos extras.

Ele não grava MIDI, portanto, usar instrumentos virtuais como sintetizadores VST está fora de questão – e os efeitos dos plugins devem ser aplicados offline.

Isso significa que o Audacity pode não ser a melhor escolha para uma mixagem completa.

Mas se você está apenas começando a assimilar as ideias centrais da gravação digital, o Audacity pode ser a maneira perfeita de começar.



5. Pro Tools 2019

https://blog.landr.com/wp-content/uploads/2019/05/Best-DAW-Avid-Pro-Tools.jpg

Pro Tools é o DAW padrão da indústria. Este é o software que você encontrará em quase todos os estúdios profissionais.
O Pro Tools foi projetado para gravação tradicional em um ambiente de estúdio e se destaca em todas as partes desse processo.

O Pro Tools foi projetado para gravação tradicional em um ambiente de estúdio e se destaca em todas as partes desse processo.

Engenheiros profissionais o adoram pela velocidade de edição e pelo ambiente de mixagem de alta qualidade.

Ele pode possuir uma curva de aprendizado um pouco mais íngreme do que outros DAWs, mas vale a pena investir tempo se você planeja trabalhar em um estúdio profissional.

O Pro Tools vem em várias configurações, incluindo a edição introdutória gratuita Pro Tools First que é limitada a 16 faixas.

A edição premium acelerada por hardware agora é chamada de Pro Tools Ultimate e a versão nativa padrão é simplesmente chamada de “Pro Tools”.

Como outros softwares pagos, o Pro Tools está mudando para um modelo híbrido de assinatura/licença com cada edição subsequente nomeada após o ano de lançamento (atualmente estamos no Pro Tools 2019).

O Pro Tools também requer que você use a plataforma DRM de hardware iLok, o que pode ser desagradável para alguns usuários.

6. GarageBand

https://blog.landr.com/wp-content/uploads/2019/05/Best-DAW-Garageband.jpg

GarageBand é um nome familiar para muitos. O DAW gratuito desenvolvido pela Apple fez mais para democratizar a produção musical do que quase qualquer outro software musical.

GarageBand é um nome familiar para muitos.

Você pode até se surpreender ao saber quais gravações de sucesso foram feitas nesse DAW, considerando que ele é um programa gratuito que vem com todas as versões do Mac OSX.

As dicas úteis que o GarageBand fornece são escritas em uma linguagem simples, acessível a produtores de todos os níveis – você pode aprender muito assim!

No geral, o GarageBand é uma ferramenta simples e eficaz para iniciar a produção musical. E se você estiver lendo isso em um Mac, você já o tem. Então faça algo hoje!

7. Logic Pro X

https://blog.landr.com/wp-content/uploads/2019/05/Best-DAW-Logic-Pro.jpg

O Logic Pro X é o software de áudio profissional da Apple.

O Logic compartilha sua filosofia de design amigável com o Garageband. Se você começou com o Garageband, não será difícil amar o no Logic Pro X.

O Logic compartilha sua filosofia de design amigável com o Garageband.

Nas versões mais recentes, a Apple tem se concentrado na criação de fantásticos plugins integrados que fornecem um conjunto de todas as ferramentas de que você precisa para criar ótimas gravações imediatamente.

Junte isso com edição intuitiva de MIDI e áudio e um editor de sample poderoso, Logic Pro X atinge um equilíbrio perfeito entre funcionalidade e facilidade de uso.

O Logic ainda adicionou recursos de nível profissional como correção de pitch e tempo, bem como plugins de emulação de amplificador de guitarra convincentes nativamente no aplicativo.

Você teria que pagar muito por esse tipo de funcionalidade de terceiros!

A grande quantidade de conteúdo de sample e plugin empacotados com o Logic é impressionante. Se você está procurando um único DAW, pode ser este!



8. Steinberg Cubase Pro 10

https://blog.landr.com/wp-content/uploads/2019/05/Best-DAW-Steinberg-Cubase.jpg

O Cubase de Steinberg foi um dos primeiros DAWs disponíveis comercialmente e ainda guarda muitos seguidores.

Cubase 10 é a versão mais recente do software e vem com todos os recursos de que você precisa para criar uma faixa de qualidade profissional.

O Cubase começou como um aplicativo apenas para MIDI e seus recursos de edição de MIDI ainda estão entre os mais fortes.

Seus recursos de áudio e mixagem também são robustos – este DAW pode fazer tudo o que os grandes nomes do mercado fazem.

Steinberg foi o pioneiro no popular formato de plugin VST, então há grande compatibilidade com plugins VST gratuitos, especialmente no Windows.

O Cubase tem muitos recursos excelentes, portanto, vale a pena considerá-lo ao na busca pelo melhor DAW.

9. FL Studio 20

https://blog.landr.com/wp-content/uploads/2019/05/Best-DAW-FL-Studio.jpg

FL Studio (anteriormente conhecido como Fruity Loops) é o favorito entre os produtores de hip-hop e música eletrônica por sua interface nonsense que auxilia na concepção imediata de beats.

Muitos beatmakers experimentaram pela primeira vez a criação de loops e grooves com o FL Studio e continuam a usá-lo até hoje.

Muitos beatmakers experimentaram pela primeira vez a criação de loops e grooves com o FL Studio e continuam a usá-lo até hoje.

A versão 20 inclui ampla integração com o hardware específico do FL Studio da AKAI e até mesmo uma extensão móvel do DAW para mantê-lo criando música em qualquer lugar.

Ele vem com uma ampla variedade de plugins nativos, incluindo sintetizadores, samplers e unidades de efeitos virtuais.

Image-Line também oferece atualizações vitalícias gratuitas para o programa. Isso significa que se você comprar uma vez, terá acesso a todas as versões de agora para sempre.

10. REAPER

https://blog.landr.com/wp-content/uploads/2019/05/Best-DAW-Reaper.jpg

REAPER (acrônimo para Rapid Environment for Audio Production, Engineering, and Recording ou Ambiente rápido para produção, engenharia e gravação de áudio, em português) vem dos mesmos desenvolvedores do player de áudio WinAmp e da rede peer-to-peer da Gnutella.

É um DAW poderoso, abrangente e adaptável com concepção bastante sólida.

REAPER vem com uma avaliação gratuita de 60 dias, mas uma licença individual custa apenas US$60 – é um bom custo/benefício para software DAW.

Não existem tipos de faixa no REAPER – cada faixa que você cria pode fazer tudo o que você precisar (áudio, midi, vídeo, bussing) – o que torna o arranjo super simples.

REAPER é uma opção igualmente boa para iniciantes.

Caso seja este o seu caso, você simplesmente pressionar Gravar e começar a utilizar o programa. Usuários experientes podem tirar proveito da matriz de roteamento avançada ou usar o ReaScript para programar qualquer coisa, desde uma macro até uma extensão completa.

Crie, Mixe e Repita

Seja em um home studio ou em um ambiente profissional, o software DAW tornou a criação musical acessível e fácil. Com todos os softwares diferentes a sua disposição, não há desculpa para não criar todos os dias.

Se você está se perguntando como gravar música, editar ou mixar de uma forma melhor, é provável que haja um DAW por aí que te dê resposta.

Agora que você sabe quais são as opções, comece a procurar o DAW dos seus sonhos.