LANDR BLOG

DistribuiçãoEquipamento musicalPromoção de música

Como Entrar em uma Playlist: O Guia de 8 Passos Para Você Mesmo Fazer

Como Entrar em uma Playlist: O Guia de 8 Passos Para Você Mesmo Fazer

Obtenha suporte rápido e perspicaz e dicas promocionais, ferramentas e truques e distribuição para mais de 100 plataformas de streaming de música ao lançar suas faixas com a LANDR. Lance uma faixa. Lance uma faixa.

Coloque playlists do seu lado com a estratégia de promoção correta.

Existem centenas de artigos com “macetes” de como entrar em uma playlist.

Alguns artistas são escolhidos manualmente pelos curadores de playlists da Spotify, Apple Music ou Deezer. Suas músicas são tocadas centenas de vezes durante uma noite. E com certeza, eles conseguem um aumento na receita por serem muito tocados. Mas eu estaria mentindo se eu dissesse que existe uma maneira garantida, rápida e fácil de conseguir isso.

Uma vez que você tenha lançado a sua música, você tem que promovê-la. Caso contrário, ela coletará poeira digital e ninguém vai ouvir – e muito menos entrar numa playlist. Toda boa promoção começa de forma orgânica – de uma ótima música e um sentimento real.

A maneira como descobrimos e escutamos música mudou. Algoritmos estão agora fortemente envolvidos. Eles nos servem playlists  personalizadas. São artistas inovadores que utilizam dados para ajudar nos seus sucessos.

Mas o mais importante a lembrar é que o elemento humano não desapareceu totalmente – mesmo das plataformas de streaming mais orientadas a dados.

Tastemakers e curadores de playlists ainda fazem algumas das melhores playlists do mundo. E seus fãs ainda são … seres humanos reais!

Então, aqui está tudo o que você precisa saber sobre como entrar em playlists, como abordar criadores de listas e como criar sua estratégia promocional após o lançamento. Isso não vai te colocar no Spotify’s Fresh Finds amanhã … mas vai colocar todas as chances do seu lado para que suas músicas sejam ouvidas.

Aqui está a essência das listas!

1. Envie Sua Música para Plataformas de Streaming

http://blog.landr.com/wp-content/uploads/2017/07/how-to-get-on-a-playlist-inpost-1.png

Joe Holtaway é uma cantor e compositor da Inglaterra que também faz parte da comunidade LANDR. Maio passado, ele nos disse que sua música “A Little Love” apareceu na BBC 6 Introducing Mixtape.

“Eu sinto que as músicas querem ser compartilhadas. Eu sinto isso quando elas começam a tocar – o primeiro tom de melodia com algumas palavras. É como se elas já soubessem o dia em que você dirá as palavras: Esta é a uma nova em que trabalhei.” diz Joe.

O primeiro passo para ter a sua música aparecendo em todo os lugares é … lançá-la! Pode parecer óbvio, mas muitos artistas não sabem por onde começar. Você pode ter sua música no Bandcamp ou no SoundCloud. E você está querendo saber “Como eu faço para ter minha música no Spotify e Apple Music?”

É um ótimo momento para criação de música  “Faça Você Mesmo”. Você não precisa mais ter um contrato com uma gravadora para ter sua música distribuída. Artistas independentes podem fazer isso também.

LANDR permite que você faça exatamente isso: lance sua música facilmente, diretamente da sua biblioteca de músicas.

  1. Faça o login na sua conta LANDR
  2. Clique em “Lançamentos” no menu superior
  3. Carregue um arquivo sem perdas
  4. Entre as informações do seu lançamento (título, capa do álbum, etc)

Agora está tudo certo! Você só precisa da aprovação e algum tempo para suas faixas chegarem nas lojas. E uma vez que elas estiverem nas lojas, você estará pronto para começar a promover em direção às playlists.

Pode parecer que a distribuição está longe da sua primeira aparição, mas se sua música não está disponível para ser listada, não há nada para listar!

Calma, não tão rápido – o trabalho não termina aqui. Agora é hora de promover seus streams!

2. Como Ser Verificado

http://blog.landr.com/wp-content/uploads/2017/07/how-to-get-on-a-playlist-inpost-2.png

Então você já lançou a sua música, ótimo. O próximo passo é assumir o controle  da sua conta de artista e mostrar que você é legitimo (mesmo que a gente saiba que você é).

Spotify

A um tempo atrás você precisava ter 250 seguidores para ganhar a pequena marca de verificação azul no seu perfil. Felizmente, Spotify abriu a verificação para todos os artistas.

Vá em Spotify for Artists  e clique em “Get access

Leva um tempinho (alguns dias, ou uma semana), mas uma vez que elesverifiquem quem você é, você terá acesso ao seu perfil de artista. Ele te permite a editar fotos, checar sua estatísticas e muito mais.

Apple Music

Vá para o iTunes Connect para conectar sua conta e reivindicar o seu perfil de artista.

Clique no mais e adicione “Artistas”. Procure o seu nome (sua música já precisa estar lá. Se não estiver volte ao passo 1!).

Demora uma semana mais ou menos para obter o status verificado.

3. Construa uma Audiência

http://blog.landr.com/wp-content/uploads/2017/07/how-to-get-on-a-playlist-inpost-3.png

Suas músicas já estão em todas as plataformas certas e com as marcas de verificação azuis – e agora? É importante construir uma rede de apoiadores tanto online como pessoalmente.

Estar envolvido com pessoas cara a cara ainda é o segredo. Não importa quantos algoritmos controlem nossas vidas, fãs e jornalistas são seres humanos. Estabelecer um relacionamento genuíno te dá mais chance para uma jornada sustentável e bem sucedida para a sua música.

“Compartilhar com amigos, compositores e rádio tem o mesmo sentimento para mim – é ter uma relação com as músicas e saber quando o tempo, pessoa e lugar se sente bem” diz Joe Holtaway.

Seus primeiros apoiadores são os que não  te deixam pra baixo: amigos, familiares e amigos da internet (Como aquele amigo do Twitter que gosta de todas as suas postagens).

Outra coisa para lembrar: para ter fãs, você precisa ser um fã! Trocar músicas e elogios com outros músicos que você admira é uma maneira fantástica de construir network.

No nível de base, muitas vezes são outros músicos que organizam shows e ajudam a co-promover uns aos outros com coisas como suas próprias playlists. Promova de forma cruzada com todos na sua rede, construa uma comunidade e siga organicamente.

“Eu mantenho um diário de desenhos, pinturas, citações, e lá coloco endereços daqueles que conheço em encontros e shows. Muitas vezes, o compartilhamento de gravações começa a partir daí com uma anotação no dia seguinte, um link de música compartilhada. “— Joe Holtaway

Online

Ter os perfis de redes sociais adequados é importante se você gosta de mídias sociais ou não. Obtenha alguns que você possa gerenciar e mantenha eles atualizados: Facebook, Instagram, Twitter, SoundCloud ou Bandcamp.

Faça um bom site de artista.

Tenha seus amigos como seguidores da sua página clicando em “Convidar Amigos”.

Conecte todos os seus perfis juntos. Coloque todos os seus links de mídias sociais no Facebook, SoundCloud e no seu website.

Estes são os espaços que mantêm o seu momento se você os mantém. Compartilhe sua história e seu processo, tudo isso conta. Mas não seja um spammer.

A melhor regra é tratar seus fãs como seus amigos íntimos – se você estivesse ansioso para compartilhar com seus amigos, então compartilhe com seus fãs. Você não iria perturbar seus amigos 5 vezes por dia com uma publicação “checa meu Soundcloud”. Então, não faça isso com seus fãs.

4. Faça suas próprias playlists

Comece a entender de playlists criando a sua própria! O que pode acontecer é, as plataformas de streaming, os “ playlisters”  e os fãs irão gostar e vão te ajudar a construir sua história como artista.

Faça ela temática (por exemplo, suas influências) ou com gênero específico (algo que você conhece bem). Pense em como você pode encaixar naturalmente 1 ou 2 de suas próprias músicas. Mas não faça isso só sobre você!

Mostre seu gosto e como sua faixa se encaixa com outras músicas incríveis. Adicione 30-100 músicas de outros artistas que funcionam bem com as suas.

Se você não sabe como fazer, confira esses guias úteis:

E, claro, não se esqueça de compartilhar sua playlist nas mídias sociais para que seus fãs a sigam!

5.Conheça as Playlists Certas

http://blog.landr.com/wp-content/uploads/2017/07/how-to-get-on-a-playlist-inpost-5.png

Os Caras Grandes

Claro que gostaríamos que nosso novo single acabasse no Spotify Rap Caviar (7 milhões de seguidores), Fresh Electronic (1.5 milhões de seguidores) ou no  The Apple Music List.

E tenho certeza de que todos nós teríamos uma “forcinha” por estar em grandes playlists de gravadoras, como a Filtr da Sony, a Digster da Warner e a Topsify da Universal.

Mas vamos ser reais: as playlists oficiais não são fáceis de seguir. Os Editores de Playlists que as fazem têm sua própria maneira de selecionar músicas – procurando em blogs, tendo relações com a indústria, mantendo o olho aberto para novos lançamentos e olhando os dados do que está bombando nas plataformas.

Você sempre pode fazer alguma pesquisa online para descobrir quem são os editores de playlists (LinkedIn ou uma busca rápida do Google). Mas tenha em mente que eles recebem centenas de pedidos diariamente. As chances de sua faixa chegar lá sem qualquer pressão ou tração são bastante baixas.

Qual é a solução? Comece pequeno entrando em contato e enviando suas faixas para curadores de playlists independentes que você segue e confia. Suas playlists são muitas vezes a plataforma de lançamento para playlists maiores.

Vai precisar de algumas pesquisas para encontrá-los, então tire um tempo para fazê-las direito (você provavelmente encontrará alguma música incrível ao longo do caminho de qualquer forma).

Curadores Independentes

Os fãs de música como você e eu criamos playlists. Alguns deles têm um monte de seguidores. Marcas e blogs também fazem playlists que têm milhares de seguidores.

Faça suas pesquisas e encontre playlists que se encaixam no gênero de sua música. Pesquise em plataformas de streaming ou em sites como Playlists.net. Na verdade, escute suas playlists e sugira onde sua música se encaixaria melhor.
Aqui está uma lista de playlisters independentes para contato:

6. Tenha Cobertura da Imprensa

http://blog.landr.com/wp-content/uploads/2017/07/how-to-get-on-a-playlist-inpost-6.png

Mesmo na era das histórias de sucesso baseadas em dados, ainda é  importante ter imprensa e jornalistas de  música ao seu lado. É o “selo” humano de aprovação que faz você ser notado por novos fãs e talvez até aqueles editores oficiais de playlists.

Quando o seu lançamento estiver pronto e estiver na hora de ser distribuído, faça seu dever de casa:

  • Atualize seus perfis de redes sociais (por exemplo, adicione uma linha como: Novo álbum ‘Let’s Go’ saindo no próximo mês!).
  • Tenha um álbum de fotos para a imprensa e coloque-as em uma pasta que você possa enviar com um link (no Dropbox ou no Google Drive entre outros).
  • Pense em se aproximar de blogs com lançamentos exclusivos.
  • Faça um vídeo musical exclusivo para acompanhar sua música.

Lembra do que escrevi sobre os jornalistas serem humanos? Construa relacionamentos com escritores de música antes de querer algo deles. Vocês têm algo em comum: o amor pela música. Comece uma conversa primeiro, sugira sua música em segundo lugar.

Blogs para Entrar em Contato

Se é seu primeiro lançamento, comece com blogs locais menores. Confie em mim, eles contam!

Aqui estão alguns dos blogs maiores: Gorilla vs. Bear Pigeons and Planes, Consequence of Sound, Stereogum, Indie Shuffle, Resident Advisor, Dummy, Thump, Tiny Mix Tapes, Pitchfork, Inverted Audio, etc.

Aproxime-se deles com antecedência, e com uma data de lançamento concreta. Entre em contato com estações de rádio também. Tudo conta. Da menor menção, a um artigo exclusivo.

Contrate um bom publicitário.

Contratar um publicitário não é normalmente algo que você faz quando você está começando. Muitos artistas fazem toda a sua promoção até um certo ponto, ou mesmo para sempre!

Mas se você tiver certeza de que está pronto para colocar algum dinheiro em uma campanha para o seu lançamento, vale a pena contratar um publicitário.

O trabalho de um publicitário é ajudar os artistas a obter e gerenciar sua cobertura de imprensa. Eles ajudam a planejar suas campanhas promocionais e lidar com jornalistas. Os publicistas já têm relações com a mídia e conhecem bem a indústria.

Certifique-se de que eles são confiáveis – e não apenas alguém que só quer ganhar dinheiro.
Cuidado com os golpes.

7. Aproxime-se de Playlisters

http://blog.landr.com/wp-content/uploads/2017/07/how-to-get-on-a-playlist-inpost-7.png

O segredo para se aproximar dos editores de playlists é ter a sua música nos ouvidos certos no momento certo.

“Quando uma música está nas mãos de alguém que gosta dela, ela será compartilhada. Algumas músicas que estão tocando na rádio recentemente com a BBC 6 Music vieram desta maneira. Um amigo me sugeriu que eu poderia enviar algumas músicas para o seu programa Introducing Mixtape. Eu dei uma olhada e isso me fez sentir bem, encorajador e solidário “, disse Joe Holtaway.

Quando uma música está nas mãos de alguém que gosta dela, ela será compartilhada.

– Joe Holtaway

Seja Criativo Quando se Aproximar dos editores de playlists.

Um email simples e frio pode não funcionar – seja criativo. Vá em conferências de música, apresente-se pessoalmente. Tenha uma cópia da sua gravação ou leve algum objeto divertido que deixe os Editores de Playlists intrigados. Se você estiver tocando com outras pessoas em uma festa ou bar, envie para os editores uma vaga na lista de convidados e as convide para o show.

Tenha como objetivo iniciar uma interação significativa e de confiança. Uma boa conversa (sobre algo que não seja a sua música na playlist dele) vai longe.

Entre em contato com os curadores de playlists geradas pelos usuários

Uma playlist é geralmente associada ao nome do curador, dê uma olhada neles. Não comece com “ Você pode colocar a minha faixa na sua playlist?”. Trabalhe para isso. Explique o porquê você está se aproximando deles especificamente. Comece um relacionamento real.

Outros artistas fazem playlists também.Isso é o que funcionou para mim: fazer uma playlist e marcar o artista no Facebook quando eu compartilhava. Na maioria dos casos não vão notar. Mas os artistas me enviaram mensagens para agradecer por tocar suas músicas.

Esse foi o início de uma amizade musical. Nós temos trocado música desde então!

8. Não Confie Em Apenas Uma Plataforma

Não foque muito somente em uma plataforma ou playlist. Tente atingir a maior quantidade de ouvintes possível. Dessa maneira você vai ter muito mais chances de ser ouvido.

Dica: Crie uma página que dê às pessoas a opção de transmitir ou comprar sua música em sua plataforma favorita – algo tipo isso. Experimente ToneDen ou Linkfire também.

Coloque um preview gratuita da sua música no SoundCloud e adicione um link “Compre ou Faça Streaming”

Dê isso para seus amigos DJs para que eles toquem em seus sets e em rádios. Envie isso para estações de rádio online. Como eu disse antes, todas as pequenas coisas contam.

Mantenha Real

É ótimo tentar promover-se online e atingir essas grandes playlists. Ao colocar todas as chances do seu lado, sendo verificado, criando suas próprias playlists, entrando em contato com tastemakers e playlisters, você pode estar um pouco mais perto de entrar em uma playlist

Mas lembre-se de que não há uma receita perfeita. A música precisa ser boa, e a sorte tem que entrar na equação. Fazer conexões pessoalmente ao tocar em shows e participar da comunidade ainda é o segredo..

É um trabalho árduo e isso não acontece durante uma noite, mas tudo vale a pena eventualmente.

Sim, alguns artistas explodem em plataformas de streaming porque eles conseguem entrar em playlists de alto tráfego. Mas às vezes esses artistas têm dificuldades para atingir um certo nível se eles tocam em um show – porque as pessoas realmente não sabem quem são. Apenas uma de suas músicas foi tocada várias vezes no fluxo de uma playlist.

Streams não são nada se você não tem fãs reais que irão apoiar seus shows, comprar mercadorias e ficar loucos pelo seu próximo lançamento. Portanto, assegure-se de cobrir todas as suas bases de forma orgânica: tanto online quanto offline.

“Eu acho que como compositores, nós também somos responsáveis por encorajar os outros – não há necessidade de competição, sejamos abertos”. Joe Holtaway