LANDR BLOG

DistribuiçãoInspiraçãoPromoção de música

Por que Streams Falsos Prejudicam Todo Artista Em Desenvolvimento

Por que Streams Falsos Prejudicam Todo Artista Em Desenvolvimento

Um tempo atrás, um artigo sobre um site que prometia um esquema de dinheiro grátis apareceu na minha caixa de entrada.

O objetivo do esquema era obter uma ferramenta baseada em IA para criar um álbum com samples livres de royalties o qual você pudesse enviar para o Spotify em seu nome.

O site apontou que você pode distribuir seu álbum para o Spotify e reproduzi-lo em segundo plano 24 horas por dia, 7 dias por semana, para assim coletar pagamentos por streaming (reproduções).

Parece ótimo, certo?



Quando compartilhei o site com os especialistas da Distribuição LANDR, eles discordaram.

Usos questionáveis (para dizer o mínimo) ​​do Spotify como este subtraem as já reduzidas alocações de dinheiro disponível para artistas que distribuem suas músicas no Spotify.

Agora, usar uma IA para escrever um álbum para você com samples livres de royalties para que você possa distribuí-lo e transmiti-lo pessoalmente para ganhar dinheiro é definitivamente algo obscuro – e pouco inteligente.

Esquemas semelhantes que prometem aumentar sua contagem de streamings no Spotify são muito mais perigosos do que parecem — e prejudicam os artistas em desenvolvimento mais do que você imagina.

Veja como você pode se proteger de falsos streams para manter suas faixas seguras no Spotify e em outras plataformas de streaming.

O que são streams falsos?

Streams falsos são qualquer reprodução ou audição de uma faixa, vídeo ou podcast que não envolva um(a) fã desfrutando um conteúdo que ele ou ela aprecie. Streams falsos podem ser usados ​​para aumentar a contagem de reproduções, coletar royalties de streaming de forma fraudulenta ou usar o roubo de identidade para roubar royalties de artistas.

Por que streams falsos prejudicam artistas em desenvolvimento?

Streams falsos prejudicam os artistas por diversas de razões.

Para começar, os royalties de streaming de plataformas como Spotify e Apple Music são pagos com uma reserva fixa de dinheiro que está disponível para artistas que postam suas músicas na plataforma.

É por isso que os pagamentos de streaming flutuam e não são fixados em um preço específico.

Os pagamentos de streaming flutuam e não são fixados em um preço específico.

Portanto, quando um artista recebe pagamentos de royalties de strems falsos — streams que eles não ganharam de forma justa — eles injustamente tomam dinheiro do já pequeno montante de dinheiro disponível para os artistas.

Os streams falsos são considerados uma forma de fraude e os artistas que os recebem correm o risco de serem banidos ou de terem as suas faixas retiradas.

Em alguns casos, fraudar plataformas de streaming com atividades como roubo de identidade pode até resultar em processo judicial.

Playlists e streams falsos são para pessoas falsas

Em geral, a indústria de streams falsos está repleta de oportunidades de abuso.

Quando um artista recebe pagamentos de royalties de streams falsos, ele retira dinheiro do pequeno fundo disponível para os artistas.

Serviços que pretendem aumentar a contagem de stream com listas de reprodução questionáveis ​​e “click farms” muitas vezes acabam pegando dinheiro dos artistas e entregam pouco em retorno.

Sim — você pode usar os anúncios do Google e do Facebook para promover sua música e obter streams, se desejar. Esse tipo de promoção musical não vai contra os termos de serviço do Spotify.

E não há nada de errado em Se você estiver se perguntando se deve se envolver com alguém que oferece inserção em playlists e streams em troca de dinheiro, tenha muito cuidado.

Apenas evite estes falsos atalhos e encontre seu público de uma forma legal e honesta. Levará tempo e esforço, mas a longo prazo valerá a pena.

A Grande Derrubada do Spotify em 2021

No início de 2021, o Spotify eliminou de alguns milhares a, de acordo com alguns relatórios, 750.000 músicas de sua plataforma.

O Spotify afirmou que as músicas removidas receberam streams de playlists de stream falsas e serviços de marketing que iam contra os termos de política de uso da empresa.

É uma lição difícil para qualquer pessoa envolvida no uso de sites de streaming falsos com alegações de marketing duvidosas — e é por isso que você nunca deve fazer isso.

Como você pode se proteger de streams falsos?

Para colocar sua música em plataformas de streaming, você precisa trabalhar com um serviço de distribuição.



Esses serviços funcionam com todas as plataformas de streaming e visam tornar a sua música disnonível nestes espaços.

Infelizmente, nem todos os serviços de distribuição são criados iguais — alguns serviços de distribuição têm proteção insuficiente contra fraudes e não notificam quando suas faixas estão recebendo streams duvidosos ou se você foi falsificado.

É a razão pela qual a maioria das faixas retiradas durante o expurgo do Spotify veio de uma pequena minoria de empresas de distribuição.

A Distribuição LANDR tem o orgulho de ser um serviço de distribuição com uma equipe dedicada de detecção defraudes — é por isso que absolutamente nenhum artista usando a Distribuição LANDR foi retirado do ar como resultado do “expurgo” do Spotify.

Quando um artista distribui por meio da LANDR, ele pode ter certeza de que uma equipe de humanos reais revisará tudo para assegurar que todas as diretrizes definidas pelas plataformas de streaming estão sendo respeitadas.

Ter um bom relacionamento com plataformas de streaming como a Apple Musice o Spotify é o motivo pelo qual Distribuição LANDR entrega lançamentos para essas plataformas de streaming mais rápido do que outros serviços de distribuição.

Contra qual tipo de fraude de stream falso você deve estar atento?

Existem quatro tipos principais de golpes de stream falso que você deve manter no radar.

Esquemas de looping

Se você já se sentiu tentado a deixar suas músicas em loop durante a noite – ou a pedir a seus seguidores que o fizessem, você pode querer reconsiderar.

O Spotify e outras plataformas de streaming podem detectar absolutamente esse tipo de comportamento e não compensa.

Na verdade, você pode ser removido da plataforma e banido permanentemente.

Deixe as pessoas ouvirem suas faixas da maneira humana normal e as plataformas de streaming gostarão de você.

Golpes de lista de reprodução

Embora a lista de reprodução seja uma excelente oportunidade para acessar novos públicos e fazer com que sua música seja ouvida, você nunca deve pagar diretamente para entrar em uma lista de reprodução.

Não dê tempo ou atenção a ninguém que lhe oferece a chance de aumentar suas transmissões em troca de um pagamento que lhe dará acesso a certas listas de reprodução.

As plataformas de streaming estão sempre investigando esses tipos de playlists e você pode ser pego e ter a sua reputação online prejudicada.

Roubo de identidade

O roubo de identidade é o próximo golpe de stream falso que está se tornando um problema crescente.

Por exemplo, recentemente alguém empacotou um punhado de demos de Rihanna que vazaram e as empacotou como um novo álbum chamado “Angel”.

Ele acumulou muitos streams, com os pagamentos indo para um usuário que não era Rihanna, antes de ser retirado do ar pelo Spotify e pela Apple Music.

Isso acontece com mais frequência do que você imagina — se o álbum falso é composto de material que vazou ou se um álbum personifica inteiramente o artista.

“Click farms”, “bots” e “hacking”

A última forma de fraude de streaming envolve o uso sofisticado de click farms, bots e hacking para criar ou invadir perfis de usuário para transmitir conteúdo.



Esse tipo de fraude é muito mais difícil de detectar, mas também é muito mais rara.

Nesse caso, não há muito que você possa fazer. É melhor confiar que os serviços de streaming tenham bons protocolos de detecção de fraude e segurança do usuário.

Seja você mesmo e os strems virão

Estatísticas de streaming não devem definir você como músico. É a sua música e sua arte que o define.

Há muito que você pode fazer para ganhar novos fãs e aumentar seu público de maneira legítima.

Colabore com outro artista, mantenha uma presença ativa nas redes sociais, entre no streaming ao vivo… a lista é infinita.

Concentre-se em fazer uma arte marcante, conheça os fãs que você já tem e não se preocupe tanto com a playlist em que está ou com quantos streams obteve no mês passado.

Se os fãs que você possui amarem sua arte de fato, o sucesso estará logo ali.