LANDR BLOG

Teoria musical

Acordes Diminuto: Como adicionar Drama à Sua Composição

Acordes Diminuto: Como adicionar Drama à Sua Composição

Masterização e distribuição ilimitadas, 1.200 samples livres de royalties, 30+ plug-ins e muito mais! Obtenha tudo o que a LANDR tem a oferecer com o LANDR Studio.

Boa composição precisa de um certo senso de tensão e drama e o acorde diminuto é um jeito bom e fácil de obter isso.

Nada é pior que escrever a mesma estrutura de música todas as vezes. Todo mundo, não apenas compositores, tendem a escolher o caminho mais fácil na vida – seja tentando escrever músicas ou amarrando sapatos…

Com isso em mente, só faz sentido que seja difícil adicionar ideias novas e desafiadoras ao seu trabalho.

Então como você eleva sua composição para fora do normal? Bem, aprendendo uma simples nota padrão de acorde diminuto você poderá adicionar uma cor inteiramente nova e tensão à sua música.

Aqui está como usar um acorde diminuto para adicionar um pouco de narrativa no seu som e inspirar melhores composições.

O que são acordes diminuto?

Acordes diminuto, também conhecidos como tríade diminuta ou acordes dim, são acordes dissonantes que combinam uma raiz com dois terços menores acima da raiz. Por exemplo: Um acorde diminuto construído na raiz C incluiria Eb e Gb.

Eles proporcionam uma sensação de conflito musical, tornando a resolução de volta a acordes consoantes mais impactantes.

Eles proporcionam uma sensação de conflito musical, tornando a resolução de volta a acordes consoantes mais impactantes.

Compositores usam acordes diminuto para colocar drama, mistério e caos em suas músicas. Sabe aqueles filmes velhos mudos onde um vilão arruma uma cilada para o herói no caminho de um trem que se aproxima? A música nesses tipos de cenas é cheia de acordes diminuto.

Imagine os acordes diminuto em um ponto de um filme quando fica realmente intenso e dramático. Na música, isso é alcançado com os acordes diminuto. Você encontra acordes diminuto em músicas como “Hallelujah” de Jeff Buckley:

E “What a Wonderful World” de Louis Armstrong:

Como construir acordes diminuto

Aprender como usar essa poderosa ferramenta de composição é na verdade mais fácil do que você pensa. Memorizando um simples padrão de semitom você vai aprender como adicionar acorde diminuto e todo o suspense que vem com ele, em qualquer lugar na sua música.

Na música, tons e semitons – que são algumas vezes chamados de whole-steps e half-steps – representam a distância entre pitches. Combinações diferentes desses tons e semitons fazem todos os intervalos e acordes que ouvimos na música.

https://blog.landr.com/wp-content/uploads/2017/12/Diminished-inpost-1.png
https://blog.landr.com/wp-content/uploads/2017/12/Diminished-3.png

Na guitarra, um semitom é representado pela distância de um fret e o tom é representado pela distância de dois frets.

Para aprender como fazer o acorde diminuto, você vai precisar memorizar dois intervalos: o Terça Menor e o Trítono.

Você talvez esteja pensando “O que é Terça Menor e Trítono ?” Não se preocupe, vai fazer mais sentido quando você olhar as chaves.

A Terça Menor é feita de três semitons. Veja como se parece com a raiz de C:

https://blog.landr.com/wp-content/uploads/2017/12/Diminished-inpost-3.png
https://blog.landr.com/wp-content/uploads/2017/12/Diminished-1-r.png

Um Trítono é composto de seis semitons. Veja como se parece com a raiz de C novamente:

https://blog.landr.com/wp-content/uploads/2017/12/Diminished-inpost-2.png
https://blog.landr.com/wp-content/uploads/2017/12/Diminished-2-r.png

INa música, a nota de raiz é a nota que você escolhe para construir um acorde. Adicionando uma Terça Menor e um Trítono acima da raiz lhe dará seu acorde diminuído.

Por exemplo, se C for sua raiz (ou nota inicial), adicionar as notas Eb e Gb lhe dará uma tríade diminuída básica na chave de C:

Teorias simples de música, como acordes diminuídos, podem ter enormes benefícios para sua composição, bem como seu som geral.

https://blog.landr.com/wp-content/uploads/2017/12/Diminished-inpost-4.gif
https://blog.landr.com/wp-content/uploads/2017/12/Diminished-4-r.gif

Uma vez que você esteja confortável em fazer um acorde diminuto com a raiz de C, experimente este padrão com outras notas raiz.

Onde usar acordes diminutos

O acorde diminuto pode ser usado de várias maneiras, mas uma das melhores funções é como um substituto para o acorde V nas progressões de acordes comuns.

Então, por exemplo, se você configurar a progressão de acordes comum I – V – vi – IV, seu acorde diminuto seria o segundo acorde tomando o lugar da V.

Não tenha medo da teoria!

O acorde diminuto e o acorde V compartilham a maioria das mesmas notas, mas o acorde diminuto traz uma sensação de urgência e tensão em música que atende muito bem a alguns ambientes e atmosferas.

Mas mesmo quando não está sendo usado como um substituto para o V, os acordes diminutos são capazes de adicionar uma dimensão inteiramente nova a qualquer progressão de acordes.

Diminuto significa reabastecido

Teorias simples de musica, como acordes diminutos, podem ter enormes benefícios para sua composição, bem como seu som geral.

Mantenha os acordes diminutos em mente na próxima vez que você acertar uma rotina de composição. Use-os em suas progressões para adicionar suspense, narrativa e drama às suas músicas.

E lembre-se, não tenha medo da teoria!

A teoria da música é um assunto importante. Mantenha simples usando as pequenas coisas tanto quanto você puder em suas produções.

Você acabará com uma maravilhosa base de conhecimentos que o ajudará hoje E em todas as suas futuras sessões.

Masterização e distribuição ilimitadas, 1.200 samples livres de royalties, 30+ plug-ins e muito mais! <a href="https://www.landr.com/pt/preco/?utm_campaign=acquisition_platform_en_us_studio-generic-new-blog-ad&amp;utm_medium=organic_post&amp;utm_source=blog&amp;utm_content=left-hand-generic-ad&amp;utm_term=general">Obtenha tudo o que a LANDR tem a oferecer com o LANDR Studio.</a>

Masterização e distribuição ilimitadas, 1.200 samples livres de royalties, 30+ plug-ins e muito mais! Obtenha tudo o que a LANDR tem a oferecer com o LANDR Studio.

Monique Brandão

Monique é profissional de marketing, ama música, é viciada em redes sociais e mora no Canadá. No seu tempo livre ela gosta de estar com os amigos e em contato com a natureza, especialmente durante o verão. Contribuidora de Conteúdo da LANDR.

@Monique Brandão

Receba guias de equipamento, dicas de mixagem, os melhores plug-ins gratuitos e muito mais na sua caixa de entrada todas as semanas.

As últimas novidades da LANDR