LANDR BLOG

Criação de batidasEquipamento musical

Como Obter Mais de Suas Amostras Usando Transposição

Como Obter Mais de Suas Amostras Usando Transposição

Um guia passo-a-passo para mudar o pitch, encontrando a chave e warping.

Quando você está trabalhando com amostras o pitch é a chave!

Você achou aquela amostra perfeita, mas tem um problema…  Ela não se encaixa com a chave da sua faixa. Ou talvez ficaria melhor na mixagem em um pitch diferente.

Produtores como Jacques Greene ou Burial fizeram um trabalho manual de cortar e fazer samples vocais de pitch. É uma habilidade valiosa e versátil no estúdio que qualquer produtor experiente precisa saber.

Sua DAW te dá o poder de facilmente mudar o pitch de uma amostra de áudio sem perder a qualidade – mesmo mudando a chave da música toda. Há inclusive un nome para isso:

Transposição

Esta técnica é útil não apenas para amostras individuais. Use-a para mudar a chave de toda uma faixa instrumental para acomodar a faixa vocal de um cantor. Ou transponha essa linha de sintetizada antiga para a nova faixa que você fez em uma chave diferente. As possibilidades são infinitas!

Mas o que é isso? Como isso funciona? E por que eu deveria me importar com isso? Tudo isso você vai conferir aqui!

O Que é Transposição

Quando você começa um sample, a primeira coisa que vem na sua mente é : Com eu mudo o pitch de um sample?

Diga oi para transposição, o melhor amigo do sample. Transposição significa mover uma amostra de áudio (ou configurar notas MIDI) para cima ou para baixo no pitch. Isso é feito por incrementos de semitons.

A transposição te permite gravar qualquer pitch e na chave que você quiser — Não precisa gravar novamente ou jogar fora essa amostra que você encontrou.

Mas antes de mostrar como você faz isso, vamos pincelar algumas teorias básicas de música.

O Que é  Semitom

Um  semitom (também chamado de ‘meio passo’ ou ‘meio tom’) é o menor intervalo – ou distância – entre duas notas na música Ocidental.

Em um piano ou teclado, a diferença entre duas teclas vizinhas é um semitom. Na maioria das vezes, isso significa ir de uma chave branca para uma preta. As únicas exceções são  E ⇄ F e B ⇄ C porque não tem tecla preta entre elas. Esses são semitons mesmo se você estiver indo de uma tecla branca para outra tecla branca.

transposition-inpost-1

Um tom (também conhecido como um tom inteiro ou passo inteiro) é composto de dois semitons.

transposition-inpost-2

Lembre-se  que quando você está fazendo pitch para cima ou para baixo com transposição , você está aumentando um semitom(st) por vez.

Por exemplo : se você quer mudar sua amostra que está em C para D (um tom inteiro), você teria que subir dois semitons.

Conhecer semitons e tons é muito útil quando você está tentando memorizar fórmulas de escala (como uma escala Maior, logo abaixo) e tocar qualquer tecla em qualquer modo. Mas estamos saindo do tópico aqui!

transposition-inpost-3

Como Mudar o Pitch Sem Interferir com o Tempo

Então, de volta a nossa tarefa: lançando samples na sua DAW.

No mundo físico, a relação entre pitch e tempo é a seguinte: você acelera o tempo, as coisas começam a soar como esquilos (pitch também sobe). Você diminui o tempo, as coisa começam a soar mais profundo(pitch também diminui). Tente fazer isso em um gravador e você vai ouvir.

Se cada vez que você faz o efeito pitch-shift em uma amostra o tempo muda, o tempo vai sair da sincronia realmente rápido.

Outro problema: Quando você joga com o pitch, o sample pode perder qualidade.

Aqui está como mudar o pitch do sample mantendo o mesmo tempo e a qualidade dele:

transposition - master tempo
transposition - audio clip
transposition - warp
transposition - mode
transposition - transpo
  1. Prepare suas amostras para que elas soem bem e alto o suficiente.
  2. Na sua DAW (nós estamos usando Ableton Live), tenha certeza que o tempo principal está configurado no tempo da sua amostra (ou no tempo da sua faixa desejada):
  3. Clique e arraste sua amostra dentro de um Audio Clip e clique nele:
  4. Lique o Warp. Isso estende sua amostra para manter o tempo intacto:
  5. Clique em ‘Pro’ para mudar o modo no menu dropdown . Use Beats para padrões rítmicos, ou Complex Pro para acordes e amostras com muita coisa acontecendo. Isso mantém a qualidade da amostra e impede que ela fique com falhas:
  6. Use o botão Transpose para mudar o pitch da sua amostra através de incrementos de semitons (st):  

Como Encontrar o Pitch de um Sample na Sua DAW

Eu estive escrevendo como se você ja conhecesse o pitch e a chave da sua amostra ou música. E se você ja sabe, ótimo. Mas nem todos aqui são músicos experientes - e isso não é um problema!

Sua DAW tem ferramentas legais para te ajudar a encontrar o pitch ou nota de qualquer amostra de áudio.

Aqui está como fazer no Ableton:

transposition - loop switch
transposition - New-Tuner-Spectrum-2
  1. Encontre o Tuner e o Spectrum (use o Accurate Fast ou Notes presets) abaixo do Audio Effects. Solte-os na faixa de sua Amostra.
  2. Rode seu sample ativando o botão Loop Switch e arrastando a faixa de loop cinza onde você quiser: 
  3. Aperte play e olhe o que seu Turner e Spectrum estão te dizendo. Escreva o que você vê no seu Turner. Depois clique no primeiro pico do seu Spectrum. Isso será provavelmente a sua frequência fundamental. Um quadrado laranja vai aparecer — ele te diz a freqüência (em Hz) e a nota que você está trabalhando. Anote.
  4. Pegue um teclado de piano online  e toque essas notas ao mesmo tempo que sua amostra. Qual deles soa bem e se encaixa melhor? Uma vez que você a ouve você encontrou seu pitch! Parabéns.

Se você quer aprender como encontrar a chave de uma música ouvindo, esse tutorial é fácil e fantástico. Treinar um pouco os ouvidos não dói, né?

Jogue o Pitch Certo

A arte da amostragem não pára ao encontrar a amostra certa.

É tudo sobre o que você faz com ela – pitching, stretching, interferindo e jogando alguns efeitos sobre ela.

Quanto mais ferramentas você tiver em seu arsenal de amostragem, mais capaz você será de criar um gancho atrativo, lead line, solo, bassline ou pads para sua faixa.

Transposição é umas dessas ferramentas-chave – sem trocadilhos.