LANDR BLOG

Inspiração

5 Sinais de que o Perfeccionismo Está Arruinando Sua Música e Como Corrigi-la

5 Sinais de que o Perfeccionismo Está Arruinando Sua Música e Como Corrigi-la

Masterização e distribuição ilimitadas, 1.200 samples livres de royalties, 30+ plug-ins e muito mais! Obtenha tudo o que a LANDR tem a oferecer com o LANDR Studio.

Você é um criador de música e quer fazer o melhor trabalho daqui pra frente. Naturalmente! Você está pensando em distribuir sua música e quer que seja perfeita.

Mas perfeição na música é perigoso…

Se esforçar para fazer o seu melhor e inovar é ótimo. É a força que o motiva a continuar e melhorar seu trabalho. Mas quando se transforma em perfeccionismo, torna-se um bloqueador.

O perfeccionismo leva você a uma crítica interna impossível que te dá um review ruim toda vez que você faz alguma coisa. Então você acaba fazendo nada.

Isso leva à procrastinação, dúvida em você mesmo e estresse que impedem sua criatividade real.

Como artista, você certamente já esteve paralisado em uma dessa situações abaixo:

  • Não saber por onde começar
  • Medo de falhar
  • Na sua última falha
  • No seu último sucesso (e pensando em como melhorá-lo)
  • No sucesso ou talento de outra pessoa
  • Na crítica de alguém

Todos esses medos crescem a partir da busca da perfeição.

A verdade é que quando você aprende a aceitar sua imperfeição, você poderá terminar mais músicas, ficar mais inspirado e desenvolver seu trabalho muito mais rápido. Menos medo significa mais lançamentos. E mais lançamentos significa você crescer como criador todos os dias.

Então, para te ajudar a se tornar um criativo todos os dias, aqui estão cinco formas em que o perfeccionismo pode dificultar sua música e como superá-las. Então, você pode voltar a ser o produtor incrível (e imperfeito) fazendo seu melhor trabalho.

1. Você sempre pensa que precisa de mais coisa

Seu browser tem 20 tabs abertas com dicas de como aperfeiçoar sua mix. Você viu 10 tutoriais sobre qual pedal de guitarra comprar, mas você já tem 20 deles esperando no seu pedalboard.

Você fica obcecado por um equipamento que você não tem ou aprende um ou outro truque …

Mas você ultimamente realmente se sentou para fazer música com a ferramenta e o conhecimento que você já tem?

https://blog.landr.com/wp-content/uploads/2017/11/5-signs-that-perfectionism-vortex_blu.gif

Quando o novo equipamento ou o ajuste obsessivo se tornam uma maneira de evitar o término de uma faixa, isso significa que o perfeccionismo se tornou procrastinação.

Sua preocupação com a perfeição pode ser A coisa que o impede de correr riscos e se desafiar. Então, feche essas tabs,desconecte -se e volte à sua música. Desligue o crítico dentro de você por 45 minutos (marque o tempo se você precisar) e simplesmente crie livremente. Volte e corrija mais tarde.

2. Você sempre trabalha no seu set ao vivo mas você nunca toca ao vivo

Ter uma certa ansiedade de performance como músico é normal. Mas praticando continuamente na sua casa pensando que você só vai tocar ‘quando você estiver realmente pronto’ é uma armadilha.

Isso pode te levar a nunca tocar.

Saia do seu quarto! Marque um show e trabalhe duro para se preparar para ele. Essa limitação de tempo será saudável.

Marque um show dentro de alguns meses, mesmo que não se sinta pronto. Ter essa data no calendário irá empurrá-lo para trabalhar em direção a um objetivo concreto.

https://blog.landr.com/wp-content/uploads/2017/11/5-signs-that-perfectionism-perform.jpg

Lembre-se de que sua música soa diferente no mundo – em diferentes sistemas de PA, em salas cheias de pessoas, em pistas de dança com muita energia. Você precisa tocar sua música para ver como as pessoas reagem a ela. E não precisa ser perfeito desde o primeiro show.

Dica: Use o seu teste de som para garantir que tudo esteja excelente. É para isso que você está lá. Meça duas vezes, corte uma vez!

Estar um pouco assustado para se preparar para um show é bom. Se jogue para fazer shows e sair da sua zona de conforto.

Ensaie, se prepare com antecedência e prepare tudo para minimizar o estresse do desconhecido. Tenha em mente o quadro de onde você pode lidar com seus erros e deixe seu perfeccionismo em casa. Você vai ver que o desafio valeu a pena. No processo, você ficou pronto para qualquer coisa. Até o próximo evento!

3. Você nunca compartilha porque tem que ser “perfeito”

Todos nós dissemos isso: “Eu vou compartilhar minha faixa quando estiver perfeita.” Ou “Oh não, não posso compartilhar nenhuma música com você, não está terminado”.

Eu tenho uma novidade para você: a perfeição não existe – mesmo se existisse, não é o que faz uma música boa.

https://blog.landr.com/wp-content/uploads/2017/11/5-signs-that-perfectionism-Share.jpg

É normal querer sua melhor música por aí, mesmo se você está apenas compartilhando em privado com um amigo. Mas esperar até que seja “perfeita” antes de compartilhá-la com qualquer um te leva a:

  • Nunca terminar a sua faixa, apesar de ter terminado há muito tempo e agora você está apenas preocupado com detalhes
  • Não ouvir o que é bom sobre ela já que você a ouviu muitas vezes
  • Acreditar que nunca será perfeita e desistir
  • Modificar tanto sua música que você a arruina

Tenho uma novidade para você: a perfeição não existe – mesmo se existisse, não é o que faz uma música boa.

É hora de redefinir como você pensa em compartilhar sua música e o que significa ser “acabado”. Já falei sobre como o compartilhamento de música durante o processo é benéfico. Obter feedback durante seu processo pode melhorar sua música, porque você ganha um segundo par de ouvidos.

O seu medo de ser julgado está lhe segurando? O seu medo é uma desculpa? Você está perdendo muitas oportunidades para obter excelentes comentários, potenciais colaborações e experiências de aprendizagem.

Coloque a perfeição de volta na despensa e compartilhe rápido e muitas vezes para encontrar seu melhor som.

4. Você está muito focado no resultado

https://blog.landr.com/wp-content/uploads/2017/11/5-signs-that-perfectionism-deep_focus.jpg

Claro, a sua faixa final é o que a maioria dos seus fãs ouvirão, então é importante ter um ótimo som finalizado.

Mas, obsessão com o resultado final pode impedi-lo de fazer o seu melhor trabalho, porque sua mente não está livre para criar.

Quando você está no momento e você deixa as coisas fluírem, seu melhor trabalho sai. Toda a magia acontece organicamente: aqueles erros felizes, aqueles momentos aha! e as novas descobertas. Na verdade, é durante o processo que você molda sua técnica e gostos – o que faz de você quem você é.

Se você não deixar algum espaço para problemas e erros, você está perdendo. A novelista Anne Lamott diz: “O perfeccionismo é uma forma de idealismo ruim e fria, enquanto as bagunças são o verdadeiro amigo do artista.”

“O perfeccionismo é uma forma de idealismo ruim e fria, enquanto as bagunças são o verdadeiro amigo do artista” – Anne Lamott

Não pense em seus objetivos como tudo ou nada. Deixe-se estar completamente envolvido no processo, mesmo que não seja o que você esperava, porque pelo menos você está criando. E você pode se surpreender com o que sai.

5. Você se compara ao sucesso irreal

https://blog.landr.com/wp-content/uploads/2017/11/5-signs-that-perfectionism-deep_you.jpg

Se o seu objetivo é ser o melhor em alguma coisa, você está se preparando para o fracasso. Sempre haverá pessoas que já trabalham nisso a mais tempo, que têm mais experiência, têm um caminho diferente, têm vantagens diferentes, etc. Comparando-se com outra pessoa, você irá segurar você. Seja VOCÊ primeiro.

Se comparar com outra pessoa irá te segurar. Seja você primeiro.

Em vez de definir expectativas irrealistas comparando-se com os outros, vire para dentro. Olhe para si mesmo: o que você é bom? O que você gosta e o que você pode trabalhar? Se a sua medida para o sucesso for você, você verá que o crescimento e a melhoria são fáceis de ver.

Ser bom em algo é um excelente ponto de partida – é o seu ponto de partida. Trabalhe na construção dessas habilidades ao seu próprio ritmo e ouça seus instintos criativos.

Defina metas que são importantes para você. Comece de onde você estiver. Defina algumas etapas para alcançar esses objetivos, coloque algumas datas e comece a trabalhar. Filtre o ruído do que outras pessoas pensam ou fazem – encontre o valor em seu próprio caminho.

Não tem problema não ter sucesso de primeira.

E lembre-se que não tem problema não ter sucesso de primeira. Reveja seus objetivos conforme você avançar e ajuste-os para sua realidade. Quando você trabalha, você verá que é fácil superar você mesmo. Faça o seu melhor e esqueça o resto.

A perfeição é uma ilusão

O que se esconde por trás da perfeição dos seus heróis é realmente trabalho árduo e toneladas de falhas que fazem parte do processo. O perfeccionismo não é uma coisa boa. Ele mata a criatividade e produz estresse, dúvida e desânimos desnecessários.

Então, faça as coisas um passo de cada vez. Defina objetivos que o representem e os divida em pequenos passos.

Se permita ir ao estúdio e veja o que acontece. Talvez nada.Se permita ir ao estúdio e veja o que acontece. Talvez nada. Talvez não hoje. Talvez suas primeiras tomadas sejam ruins. Mas faça. Você é músico? Faça isso todos os dias. Um desses dias acontecerá algo excelente – Eventualmente, isso se tornará todo dia.

Em breve, você verá isso ao não compará-lo com os outros e livrar-se da obsessão pela perfeição, alcançar sua própria definição de sucesso é mais fácil do que você pensa.

Masterização e distribuição ilimitadas, 1.200 samples livres de royalties, 30+ plug-ins e muito mais! <a href="https://www.landr.com/pt/preco/?utm_campaign=acquisition_platform_en_us_studio-generic-new-blog-ad&amp;utm_medium=organic_post&amp;utm_source=blog&amp;utm_content=left-hand-generic-ad&amp;utm_term=general">Obtenha tudo o que a LANDR tem a oferecer com o LANDR Studio.</a>

Masterização e distribuição ilimitadas, 1.200 samples livres de royalties, 30+ plug-ins e muito mais! Obtenha tudo o que a LANDR tem a oferecer com o LANDR Studio.

Monique Brandão

Monique é profissional de marketing, ama música, é viciada em redes sociais e mora no Canadá. No seu tempo livre ela gosta de estar com os amigos e em contato com a natureza, especialmente durante o verão. Contribuidora de Conteúdo da LANDR.

@Monique Brandão

Receba guias de equipamento, dicas de mixagem, os melhores plug-ins gratuitos e muito mais na sua caixa de entrada todas as semanas.

As últimas novidades da LANDR