LANDR BLOG

Promoção de música

5 Métricas de Redes Sociais Que os Músicos Utilizam de Forma Errada

5 Métricas de Redes Sociais Que os Músicos Utilizam de Forma Errada

Obtenha suporte rápido e perspicaz e dicas promocionais, ferramentas e truques e distribuição para mais de 100 plataformas de streaming de música ao lançar suas faixas com a LANDR. Lance uma faixa. Lance uma faixa.

Métricas para músicos.

É uma frase que está se tornando mais e mais importante hoje em dia. E por uma boa razão também. Em uma pesquisa recente, a NME classificou as mídias sociais (26%) logo atrás de tocar ao vivo (51%) como o canal mais importante para os músicos que procuram ter suas músicas ouvidas.

Hoje você tem todos os tipos de números que “voam” para você: likes, compartilhamento, escuta, plays, streams, giros, royalties e menções. Tudo pode parecer bastante oco quando você está tentando ficar inspirado e dedicado a produzir seu melhor trabalho.

Esta semana, adicionamos o novo recurso LANDR Compartilhamento nas Redes Socias que permite que você compartilhe sua música diretamente em seus canais sociais de sua biblioteca LANDR e conecte-se com seus fãs de muitas maneiras.

Nós o adicionamos porque compartilhar sua música com seus fãs é tão importante quanto o processo criativo que o levou a terminar em primeiro lugar. Então, deve ser parte do mesmo fluxo de trabalho – criação para promoção em um único passo.

Mas me fez pensar: “Depois de compartilhar minha música, e aí? Que métricas realmente importam? E quem está realmente ouvindo? “

Para garantir que você não fique cego por todo o ruído das mídias sociais – e os números que acompanham isso, eu decidi descompactar as 5 métricas mais importantes e descobrir o que realmente significam para música independente (sugestão: não são os números , é o que está por trás disso que conta).

Compreenda suas métricas, acompanhe seus seguidores e faça as conexões que realmente importam para construir uma base de fãs saudável e feliz.

1. Likes

https://blog.landr.com/wp-content/uploads/2017/10/Music-by-the-Numbers-inpost-2.gif

Então, sua música finalmente terminou! Você se arriscou e compartilhou ela nas socials. Ótimo, as pessoas começam a gostar da sua faixa nas mídias sociais! O polegar está ficando dolorido com tanto clique no polegar!

Os likes são ótimos. Eles são um ponto de partida perfeito para rastrear seu sucesso …

Mas a pergunta que você precisa fazer é que QUEM  gostou da sua faixa e por quê?

Use seus likes para conhecer o seu público, iniciar uma discussão nos comentários sobre seu processo, discutir partes em que você não estava se sentindo bem e partes com as quais você estava realmente feliz, vincular suas influências e inspirações e pedir feedback!

Tudo ajuda a construir uma história em torno da sua música e agregar valor aos “plays” que você está recebendo.

Nada é melhor do que uma verdadeira troca honesta, digital ou na vida real. Likes deve ser um ponto de partida para construir um relacionamento com seus fãs, e não o jogo final que você fica obcecado demais.

Dica:Quando você estiver compartilhando seus lançamentos na mídia social, faça uma pergunta na sua postagem. É uma ótima maneira de envolver seus fãs e incentivar a discussão em torno de suas faixas. Também mostra que você se preocupa com a opinião do seu seguidor.

Explore quem está ouvindo,  olhando seus likes. Você pode até se surpreender com quem está apoiando sua música. Eles também são músicos? Por que não ouvir a sua faixa em troca e dar um like de volta? Ou melhor ainda, solte-os um DM e conecte-se. Dessa forma, você constrói um relacionamento de apoio mútuo, e você encoraja as pessoas a continuar seguindo e gostando de você.

Nada é melhor do que uma verdadeira troca honesta, digital ou na vida real. Likes deveriam de ser um ponto de partida para construir um relacionamento com seus fãs, e não o jogo final que você fica obcecado demais. Construa seus likes, mas use-os assim que os tiver para desenvolver sua base de fãs.

2. Compartilhamentos

Compartilhar é se importar. O mesmo vale para a sua música. Se as pessoas compartilham, significa que elas estão fazendo mais do que percorrer sua feed de notícias e dar like em algo distraidamente ou fora de suas obrigações.

Quando algo vem do coração, as pessoas vêem e querem compartilhar ainda mais. Quando você está criando seu post nas redes sociais, conte uma parte de sua história. Por que você está feliz em compartilhar seu lançamento? Foi o produto de meses de trabalho árduo, com a ajuda preciosa de muitos colaboradores? Inclua um pouco disso em sua postagem.

Dica: Quando você fizer uma postagem nas redes sociais, marque todos que são creditados em seu álbum – os vocalistas, cada membro da banda, o engenheiro de mix, o produtor, o designer da arte do álbum e qualquer outra pessoa envolvida. É uma ótima maneira de agradecer e aumentar as chances deles compartilharem o seu lançamento também.

3. Streams

Então você acabou de distribuir sua faixa. Você está observando suas estatísticas ansiosamente a cada hora com a esperança de que o seu stream suja.

Confie em mim, eu também estive lá. Faça o que fizer, não deixe isso se tornar uma obsessão! Ficar estressado em relação às estatísticas de stream pode te distrair de entender o todo.

Claro, se uma música é feita e você não deixa as pessoas saberem, você perderá a maioria dos seus streams. Qualquer lançamento precisa de uma campanha promocional nas redes sociais. Publique sobre isso no Facebook e no Twitter. Faça uma divertida Instagram story sobre isso.

As estatísticas não são o final do jogo – elas são um ponto de partida para descobrir o seu público. Use-as para orientar suas decisões e se conectar melhor.

Mas pense no que esses streams “falam” sobre os ouvintes por trás deles. Verifique em um dia, uma semana, um mês ou mesmo um ano para obter a visão completa de seus lançamentos. Pergunte a si mesmo: de onde vêm os meus streams, quais países e cidades? Como posso chegar a essas áreas? Aqui estão algumas idéias:

  • Ache um blog de uma região onde sua música está sendo transmitida para apresentar sua música
  • Alcance uma estação de rádio local
  • Escreva para outros músicos que você admira nessas áreas
  • Reserve um show fora da cidade

 

Embora a música não tenha fronteiras nos dias de hoje, os humanos que a escutam vivem em locais específicos. Esses são os lugares onde você vai querer concentrar seus recursos. As estatísticas não são o final do jogo – elas são um ponto de partida para descobrir o seu público. Use-as para orientar suas decisões e se conectar melhor.

4. Inscrições

Além de suas mídias sociais, há outra ferramenta fantástica para entrar em contato com seus fãs: a mailing list.  Mailing lists ou listas de endereços, permitem que você transforme os ouvintes que só te ouviram uma vez,  em fãs de longa data.

Já estiveram por aí. Muitas bandas costumavam coloca panfletos em sua mesa de merchandise em shows para oferecer aos fãs a opção de se manter em contato. As Newsletters tornaram-se digitais, mas o benefício ainda existe para se manter conectado.

Serviços como o Mailchimp ou o Bandzoogle permitem que você capture e gerencie seus contatos e envie boletins rápidos e simples direto para seus fãs.

Sua lista de endereços é uma ferramenta de comunicação eficaz, especialmente num momento em que os feeds de mídia social estão superlotados. Sua Newsletter é um espaço que é todo seu.

Um fã casual nas mídias sociais torna-se um apoiante a longo prazo quando você dá a opção de se inscrever na sua mailing list.

As inscrições são um sinal de confiança. Se alguém lhe entregar seu e-mail, eles confiam em você para usá-lo bem. Isso significa que eles estão prestando atenção e querem ficar atualizados sobre sua música.

Então, os inscritos são uma das métricas mais importantes a serem alvo. Todo inscrito não é apenas um ouvinte, mas um verdadeiro fã que está interessado o suficiente em sua música para deixá-lo em suas vidas cotidianas – muito poderoso quando você pensa sobre isso …

É sua chance de enviar conteúdo personalizado, honesto e interessante para um público receptivo – como um ensaio fotográfico de sua última turnê, seus próximos shows, suas aparências de rádio, seus lançamentos, o que saiu na imprensa sobre você, seu merchandise (também um ótimo lugar para oferecer descontos ), etc.

Adicione seu link de inscrição na Newsletter quando você compartilhar música recém-lançada ou em sua biografia de mídia social.

Um fã casual nas mídias sociais torna-se um apoiante a longo prazo quando você dá a ele a opção de se inscrever na sua Newsletter. Então, se suas estatísticas de inscrições estão crescendo, isso é uma bom sinal de que você está fazendo isso direito.

5. Sua Caixa de Entrada

https://blog.landr.com/wp-content/uploads/2017/10/Music-by-the-Numbers-inpost-3.png

A conexão mais importante que você pode fazer com seus fãs é uma interação um-a-um significativa. Então, as mensagens na sua caixa de entrada são outra métrica importante. Trate cada um como conexões que poderiam abrir as portas para a oportunidade.

Pense nisso: uma mensagem direta significa que um fã, blogueiro ou booker:

  • Gosta do seu projeto o suficiente para tirar o tempo de sua agitada agenda para te enviar uma mensagem diretamente.
  • Considera você e sua música como acessíveis e honestas.
  • Quer conhecer mais a fundo a sua música e aprender mais sobre algo que os intriga.

É uma resposta muito humana quando muitas coisas na música hoje podem parecer frias e sem vida.

Fique à disposição dos seus fãs e da comunidade ao postar o email de artista em seus perfis sociais ou ao compartilhar um novo lançamento nas suas páginas de mídia social (o correio do fã começa com os fãs sabendo onde enviá-lo).

A conexão mais importante que você pode fazer com seus fãs é uma interação um-a-um significativa.

Responda o mais rápido possível e faça todos os encontros tão saudáveis quanto possível. Uma verdadeira interação com alguém interessado em sua música pode fazer diferença quando a maioria dos e-mails da indústria da música ou mensagens diretas são esquecidas. São as pequenas coisas que se somam ao longo do tempo.

Ter sua informação de contato em aberto mostra que você é acessível e torna as pessoas mais inclinadas a entrar em contato com você. O que significa que os potenciais convidados para fazer um mix de convidados, aparecer em um programa de rádio ou até mesmo em uma gravadora. Você nunca saberá se não estiver disponível.

Se as pessoas escrevem para você responda pessoalmente a cada mensagem. Faça uma boa impressão por ser uma pessoa legal (o que é um conceito!). Faça o que faz VOCÊ se destacar.

A Perspectiva Como um Todo

Toda métrica social conta para sua imagem como o todo. Não fique obcecado com detalhes como aumentar seus “plays” ou seus “likes”.

Veja todos os seus compartilhamentos nas redes sociais e plataformas como parte de um objetivo maior: Construindo um segmento de fãs dedicados e envolvidos que sentem uma conexão pessoal com você e sua música.

Atrás de cada stream, like ou play há um ser humano. Use suas ferramentas e plataformas de compartilhamento social para fazer tudo o que puder para ser um ser humano de volta.

Masterização e distribuição ilimitadas, 1.200 samples livres de royalties, 30+ plug-ins e muito mais! <a href="https://www.landr.com/pt/preco/?utm_campaign=acquisition_platform_en_us_studio-generic-new-blog-ad&amp;utm_medium=organic_post&amp;utm_source=blog&amp;utm_content=left-hand-generic-ad&amp;utm_term=general">Obtenha tudo o que a LANDR tem a oferecer com o LANDR Studio.</a>

Masterização e distribuição ilimitadas, 1.200 samples livres de royalties, 30+ plug-ins e muito mais! Obtenha tudo o que a LANDR tem a oferecer com o LANDR Studio.

Monique Brandão

Monique é profissional de marketing, ama música, é viciada em redes sociais e mora no Canadá. No seu tempo livre ela gosta de estar com os amigos e em contato com a natureza, especialmente durante o verão. Contribuidora de Conteúdo da LANDR.

@Monique Brandão

Receba guias de equipamento, dicas de mixagem, os melhores plug-ins gratuitos e muito mais na sua caixa de entrada todas as semanas.

As últimas novidades da LANDR